Dia dos Namorados

0

A data mais romântica do ano está chegando, nesse dia trocamos presentes, cartões, temos momentos especiais com aqueles que amamos e demonstramos toda nossa afeição. Em muitos países chamado de Dia de São Valentim, diferente do Brasil em que comemoramos o Dia dos Namorados em 12 de junho. Você sabe por que temos datas diferentes para a mesma comemoração?

O Dia de São Valentim

O Dia de São Valentim origina-se de Valentin, um bispo da Igreja que no século III d.C., celebrava casamentos de jovens cristãos que queriam levar adiante o sacramento do matrimônio. A instituição do casamento feria os interesses do então imperador Cláudio II, que via no matrimônio monogâmico como algo nocivo aos jovens em idade militar. Por isso o imperador proibiu que se celebrasse o casamento. Entretanto, Valentim continuou levando a cabo suas atividades. Tendo contrariado as diretrizes do imperador, Valentim foi preso e, depois, decapitado em 14 de fevereiro de 270 d.C. O seu martírio fez com que a Igreja Católica considerasse-o santo a posteriori.

Especula-se, sem precisão histórica, que, quando Valentim estava preso, ele se apaixonou por uma moça. Essa paixão resultou na troca de bilhetes de confissão amorosa. Com sua morte, Valentim teria se tornado símbolo da união amorosa, tanto por conta dos casamentos que celebrava quanto pelos bilhetes trocados. Sendo exata ou não, a história dos bilhetes ou cartões de conteúdo amoroso passou a circular na Europa medieval e moderna, e acrescida das narrativas sobre a morte de Valentim. Aos poucos, essas histórias e a data de sua morte ficaram associadas ao dia dos namorados.

A tal associação também se somavam os antigos festivais da Lupercalia, uma festa pagã realizada em Roma que tinha por propósito uniões sexuais. Esta festa celebrava a fertilidade homenageando Juno (deusa da mulher e casamento) e Pan (deus da natureza), assim como marcava o início oficial da primavera. Tais festas também ocorriam em fevereiro, em data próxima àquela em que Valentim foi morto. Como conclusão ao passar dos anos, a data permaneceu, mas os costumes foram se modificando.

O dia dos namorados

Já no Brasil o dia dos namorados é comemorada no dia 12 de junho, véspera do dia de Santo António de Lisboa, conhecido pela fama de “Santo Casamenteiro”. E a data foi criada por aqui pelo publicitário João Doria que trouxe a ideia do exterior e a apresentou aos comerciantes paulistas, iniciando em junho de 1949 uma campanha com o slogan “não é só com beijos que se prova o amor”. Por aqui, a ideia se expandiu amparada pela correlação com o Dia de São Valentim.

Independente do dia, o que vale é demonstrarmos a afeição por quem amamos, afinal o amor é a punica coisa que cresce à medida que se reparte.


Deixe seu Comentário.