Darwin e seu importante papel para a ciência

0

No dia 12 de fevereiro comemoramos o Dia Internacional de Darwin. Charles Darwin foi um naturalista e cientista inglês que teve um papel muito importante para a ciência, a evolução e a humanidade em si. Este foi o dia em que ele nasceu, então nada melhor do que neste dia, anualmente, nos lembrarmos de seus estudos e sua contribuição para a ciência. Além disso, essa data foi criada para que outras pessoas possam se inspirar e buscar agir cientificamente, com curiosidade e fome pela verdade, assim como Darwin fez.

Desde criança Darwin demonstrava interesse por História Natural, colecionava pedras, conchas, moedas e plantas. Aos 16 anos passou a cursar medicina, mas após dois anos, deixou o curso. Durante esse período, pouco se interessava pelas aulas de medicina, mas muito lhe interessava os grupos que discutiam a origem da vida, assunto que era o mais debatido na época.

Após deixar a medicina, foi para Cambridge e formou-se Bacharel em Artes. Mas seu fascínio pela história natural e geologia seguia presente. Passou a desenvolver relações e amizade com vários naturalistas. Passou então a participar de expedições, a mais notável foi a bordo no Navio Beagle, viajou por 5 anos e trouxe material para estudos e publicações que lhe renderam uma sólida reputação que o fez viver ativamente trabalhando como geólogo e naturalista.

Sabe-se que Darwin tinha receio com a possível repercussão da divulgação da sua teoria de evolução das espécies. Por isso, levou mais de 20 anos para publicá-la. De acordo com sua teoria, as espécies evoluem lenta, mas continuamente através do tempo. Seu livro “Origem das Espécies” foi publicado em 1859 e esgotou os 1250 exemplares em um único dia.

O princípio utilizado por Darwin para defender sua teoria foi o da seleção natural, em que somente as espécies adaptadas à pressão do ambiente são capazes de sobreviver, se reproduzir ou gerar descendentes. Também escreve que indivíduos de uma mesma espécie apresentam diferenças entre si, resultado de variações entre as suas características. Assim como indivíduos com características vantajosas às condições do ambiente possuem mais chances de sobreviver do que aqueles que não apresentam tais características e também indivíduos com características vantajosas possuem mais chances de deixar descendentes.

Aspectos de sua teoria puderam, mais tarde, sem comprovados e testados através da genética. Até hoje nos deparamos com seus estudos e eles nos trouxeram informações valiosíssimas. Talvez você tenha se deparado com alguma delas e nem sabia que foi Darwin que esteve envolvido.

Acesse nosso site para saber mais!

https://www.lojaswessel.com.br/cientista?&utmi_p=_Sistema_buscavazia&utmi_pc=BuscaFullText&utmi_cp=cientista

https://www.lojaswessel.com.br/ci%C3%AAncia?&utmi_p=_cientista&utmi_pc=BuscaFullText&utmi_cp=ci%C3%AAncia

Comentários no Facebook