Lojas Wessel – Escritório | Escolar | Papelaria | Livraria

Brinquedos educativos

Brincar é uma forma de divertir e distrair as crianças, certo? Em partes, sim, mas não é só isso. Enquanto brincam, os pequenos vivem experiências ricas, adquirem novos aprendizados e desenvolvem habilidades motoras e cognitivas. Para favorecer ainda mais o processo de desenvolvimento infantil, é importante motivar os bebês, desde os primeiros meses, com o uso de brinquedos educativos.

Existem diversos brinquedos que ajudam a estimular o aprendizado e a evolução das crianças. Começando por móbiles, próprios para recém-nascidos, até argila e massinha, que desenvolvem a coordenação motora fina.

Durante os primeiros meses e anos, tudo é descoberta na vida das crianças. Sons, imagens, texturas, gostos e cheiros. Cada interação com o ambiente produz um aprendizado diferente. Em razão disso, é essencial que os bebês recebam todo o estímulo necessário para terem um desenvolvimento saudável, e isso inclui afeto, proteção, cuidados básicos e, claro, brincadeiras.

A arte de brincar é a arte de aprender e de se relacionar com o mundo. E as crianças fazem isso, a princípio, como exploração do ambiente. Depois de um pouco crescidas, elas partem para um universo lúdico, onde criam suas próprias vivências imaginárias. Durante todo esse percurso de aprendizagem, os brinquedos educativos são recursos bastante construtivos e estimulam os pequenos em todos os campos e sentidos: visual, tátil, auditivo, motor, psíquico, social e afetivo.

E na aventura de brincar enquanto aprendem, os novos repertórios se constroem de forma natural e divertida, enquanto inúmeras habilidades começam a se formar, entre elas:

atenção e concentração;
imaginação e criatividade;
socialização;
memória e raciocínio;
coragem e autoconfiança;
paciência e disciplina;
respeito aos limites e regras;
senso de competição (saudável);
motivação;
comunicação;
coordenação motora.

Falando em recursos educativos, um ponto importante a ser lembrado é o uso de aparelhos eletrônicos, que tem começado cada vez mais cedo. Bebês com menos de dois anos, já conseguem utilizar tablets e smartphones com facilidade, mas é necessário ter muita cautela quanto a isso.

Existem sim, desenhos educativos que auxiliam na evolução cognitiva do bebê, os quais ensinam cores, números, alfabeto, palavras em inglês e muito mais. No entanto, esses recursos devem ser usados com frequência mínima, para não interferir no desenvolvimento psicomotor e na criatividade.

São muitas as opções de brinquedos educativos! Priorize os itens que vão ajudar no desenvolvimento da criança. Se brincar é saudável, muito melhor é se divertir enquanto aprende coisas novas e vive experiências construtivas. E não podemos esquecer um ponto-chave: para enriquecer ainda mais as brincadeiras, os pais devem acompanhar seus filhos nessas aventuras, sempre que puderem!